SiqueiraCastro | Justiça paulista cancela plano de saúde por uso de notas falsas
Justiça paulista cancela plano de saúde por uso de notas falsas
Justiça paulista cancela plano de saúde por uso de notas falsas
33186
post-template-default,single,single-post,postid-33186,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,qode-page-loading-effect-enabled,,qode-theme-ver-17.0,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.5,vc_responsive

Justiça paulista cancela plano de saúde por uso de notas falsas

Justiça paulista cancela plano de saúde por uso de notas falsas

Valor Econômico ressalta decisão judicial na qual um usuário teve o plano médico cancelado pela AMIL após apresentar notas falsas para fins de reembolso médico. A sócia da SiqueiraCastro, Thais Matallo Cordeiro Gomes, representa a AMIL no processo e destacou a atenção especial das operadoras de planos de saúde quanto às condutas de caráter suspeito e possíveis fraudes em notas fiscais médicas.

Clique aqui e confira a reportagem completa.