Índice Global de Inovação 2023 e o avanço do Brasil 

0
157

Desde 2007, a Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI) desenvolve e disponibiliza um índice de economias que investem em seus ecossistemas de inovação (Índice Global de Inovação), revelando, assim, quais países encontram-se na liderança. Os dados coletados envolvem diversos aspectos, como investimentos em ciência e inovação, progresso tecnológico, adoção de tecnologias, impacto socioeconômico, dentre outros. 

Segundo informações do próprio relatório, o Índice de 2023 visou a examinar “as tendências globais no campo da inovação em um cenário de incertezas decorrentes da lenta recuperação econômica pós-pandemia, da elevação das taxas de juro e de conflitos geopolíticos, mas com a promessa das ondas de inovação da era digital e da ciência profunda e de avanços tecnológicos”. 

As dez primeiras economias inovadoras apontadas pelo ranking são: Suíça, Suécia, Estados Unidos, Reino Unido, Singapura, Finlândia, Holanda, Alemanha, Dinamarca e Coreia do Sul. 

Porém, o Brasil recebeu a agradável notícia de ter avançado cinco posições no ranking de inovação, em comparação ao ano passado. Com isso, o País passa a ocupar o 49º lugar entre 132 países – sendo a primeira vez, em 12 anos, que adentramos as 50 economias mais inovadoras; bem como a se estabelecer em primeiro lugar entre os países da América Latina – posição ocupada anteriormente pelo Chile. 

Os estudos apontaram ainda que o Brasil se encontra como uma das economias que apresentaram desempenho em inovação acima do esperado em relação ao seu nível de desenvolvimento econômico e também um dos países que mais melhoraram o desempenho no IGI nos últimos quatro anos, apresentando boas pontuações em indicadores como participação eletrônica (11ª), marcas registradas (13ª) e serviços governamentais online (14ª posição). 

Assim, apesar das dificuldades enfrentadas nos últimos anos, é possível concluir que as mesmas não foram impeditivas para o crescimento do Brasil em matéria de inovação e que as iniciativas de incentivo têm gerado e continuarão gerando muitos efeitos positivos para o País. 

Caso tenha interesse em consultar o inteiro teor do Índice Global de Inovação 2023, é possível fazer o download do arquivo, em português, no seguinte link: https://tind.wipo.int/record/48237