GWM vence disputa judicial com VW e pode trazer Fusca elétrico ao Brasil 

0
102

A Great Wall Motors (GWM) deu um passo importante para introduzir no mercado brasileiro seu carro elétrico inspirado no clássico Fusca, o Ora Ballet Cat. Em uma disputa judicial recente, a montadora chinesa conseguiu anular uma liminar da Volkswagen que impedia o registro do desenho industrial do veículo no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). 

Em novembro de 2021, a GWM registrou como desenhos industriais dois modelos no INPI: o Ora Punk Cat e o Ora Ballet Cat. Ambos os modelos apresentam um design claramente inspirado no icônico VW Fusca, o que deu início a uma batalha judicial em agosto de 2022, quando a Volkswagen solicitou a anulação dos registros, alegando que os carros elétricos eram “cópias escancaradas” do Fusca, o que violaria as leis de concorrência brasileiras. 

A Volkswagen obteve uma vitória inicial em fevereiro de 2023, com uma liminar que bloqueava os registros até 4 de março de 2024. No entanto, a GWM recorreu e, em março deste ano, conseguiu reverter a decisão judicial. A empresa argumentou que o Fusca deixou de ser produzido no Brasil em 1996, tornando o argumento de concorrência desleal inválido. 

Há algum tempo, já se observa o veículo da GWM nas ruas. A empresa chinesa já demonstrou sua capacidade de inovar no mercado brasileiro, inclusive vendendo veículos através do Mercado Livre, o que sugere uma abordagem flexível e moderna. 

Em que pese tenha sido descontinuado globalmente em 2019, o modelo “Fusca” da Volkswagen permanece um ícone automotivo. 

A introdução do Ora Ballet Cat no Brasil tem o potencial de reacender o entusiasmo pelo Fusca, agora em uma versão elétrica e sustentável. Enquanto a Volkswagen ainda não confirmou planos para uma versão elétrica do Fusca. 

A decisão judicial a favor da GWM abre um importante precedente para a concorrência no setor automotivo brasileiro, especialmente no segmento de veículos elétricos.