Após acordo, novos produtores vão ter que mudar nome de parmesão, diz associação

21

Folha de S. Paulo destaca o acordo entre Mercosul e União Europeia que reconhece uma lista de produtos típicos dos dois blocos. Pelas Regras, os sul-americanos se comprometem a respeitar 355 das chamadas indicações geográficas europeias.

Segundo o sócio Eduardo Ribeiro Augusto, com o acordo, para usar nomes de produtos europeus, o empresário brasileiro terá que se adequar às regras da indicação, o que implica até fabricar na região de origem.

Leia mais