Caminhoneiro constrange governo e STF, diz entidade do agronegócio a Luiz Fux

100

Folha de S.Paulo publica sobre o “aniversário” de um ano da greve dos caminhoneiros e destaca o discurso da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Nele, a entidade afirma que novas ameaças de paralisações se tornaram ativo político de lideranças da categoria, constrangendo assim o governo federal e STF.

Dentre as reivindicações atuais, destaca-se o valor mínimo para tabela de frete, no qual a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manteve a favor. Para o sócio da SiqueiraCastro, Otavio Pinto e Silva, a manifestação de Dodge segue uma linha plausível diante dos fatos.

Leia mais.