Dia do trabalho: sem dinheiro, centrais farão ato unificado

0
189

O Globo destaca reportagem sobre a comemoração do Dia do Trabalho em São Paulo, dia 1 de maio. Motivo: questões financeiras. Pela primeira vez, nove entidades sindicais e duas frentes populares irão se unir em um único ato.

Para o sócio da SiqueiraCastro, Otavio Pinto e Silva, o governo dificultou a forma de arrecadação dos sindicatos ao proibir desconto em folha.

Leia mais.