Com cautela de empregado, ação trabalhista cai 38%

0
204

Após um ano da entrada em vigor da reforma trabalhista, o número de ações na Justiça caiu quase 40%, segundo dados do TST divulgados pela Folha de S.Paulo. Um dos motivos para a queda é a cautela dos trabalhadores em mover ações, já que persistem incertezas relacionadas a diversas normas que ainda serão avaliadas pelo STF. O sócio da SiqueiraCastro, Otavio Pinto e Silva, destacou ao jornal alguns desses temas, como o pagamentos de honorários por beneficiários da Justiça Gratuita. “Dependendo do que for decidido, podemos ter ou não um maior ajuizamento de ações”, comenta.

Clique aqui para ler a reportagem completa