Brazil bar bans registration of lawyers accused of LGBTI+ aggression

0
545

A Publicação inglesa Latin Lawyer destacou a decisão da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que proibiu o registro de candidatos acusado por agressão contra pessoas por causa de sua orientação sexual, identidade de gênero ou expressão de gênero em meio ao aumento na taxa de homicídio e suicídio de LGBTI+.

Para Carlos Roberto Siqueira Castro, Conselheiro Federal da OAB e sócio sênior da SiqueiraCastro, “aqueles que cometem crimes motivados por ódio aos LGBTI+ não são adequados para praticar a lei”

Leia Mais (em inglês).